Artigo/Notícia

Paróquia São Roque conclui projeto com entrega de casas às famílias carentes

No dia 10 de abril de 2021, a Paróquia São Roque de Nova Aurora, da Diocese de Toledo, inaugurou mais quatros casas que fazem parte do Projeto “Vida com dignidade”. Pe. Neimar Aloísio Troes, pároco da comunidade, realizou as bênçãos, acompanhado pela Pastoral do Auxilio Fraterno, Dimensão Social, Administração e Economia.

Segundo Pe. Neimar, esse projeto visa levar dignidade às pessoas, onde elas mesmas estão morando, nas suas próprias casas. Através desse projeto, essas pessoas estão desfrutando de habitações dignas para criarem suas famílias. “Quem são essas pessoas evolvidas? São pessoas, que já são acompanhadas, pelo Auxílio Fraterno, por uma longa data; por várias necessidades, às vezes por questões de cestas básicas, auxílio doença”, disse.

Conta Pe. Neimar que em certa ocasião, um dos doentes que foi visitado por ele não tinha nenhuma condição de viver onde residia devido aos problemas de acessibilidade. Diante dessa situação, foi dado início ao Projeto “Vida com dignidade”.

Por meio de uma equipe formada pela Pastoral do Auxílio Fraterno, Dimensão Social, Administração e Economia, da Paróquia São Roque, criou-se um Conselho para gerir e administrar essas obras. Foram observados critérios sobre quais seriam as prioridades e quais seriam as casas contempladas. "Esse projeto já atingiu a marca de 22 casas que foram completamente ou em partes restauradas, depois do início desta iniciativa. Temos uma demanda muito grande pela frente", afirma o sacerdote. De acordo com ele, há uma lista de pelo menos 15 moradias na fila para serem reformadas, parcial ou totalmente.

A inauguração das casas, no final de semana em que se comemorou a Divina Misericórdia, era de forma especial para lembrar que “não são pelos nossos méritos que o amor de Deus entra em cada um de nós. Isso é pela graça de Deus, pois Ele nos ama a tal ponto de dar-nos a vida de seu próprio filho para a nossa salvação”, complementa o pároco. Os recursos utilizados para a construção e reforma dessas casas, são oriundos da porcentagem do dízimo, que são destinados esta finalidade.

Desde o início da pandemia, há um ano atrás (março de 2020), foi aprovada na Paróquia São Roque a destinação de 20% do valor geral do dízimo para a Dimensão Social que, além de fornecimento de cestas básicas, auxilio à remédios, consultas médicas, psicólogos e fonoaudiólogos, destinou grande parte dos valores arrecadados para a construção e/ou reformas dessas casas.

Você pode acompanhar o registro da entrega das reformas em Nova Aurora acessando o Facebook da Paróquia São Roque (Nova Aurora).