Artigo/Notícia

Igreja no Paraná anuncia apoio para construir escola na África

A Missão Católica Paulo VI tem um novo desafio: a construção de uma escola em Guiné-Bissau, na África. Mas ela só será erguida a partir da generosidade de cada cristão paranaense.

O bispo da Diocese de Toledo, D. João Carlos Seneme, e demais membros que foram convocados para a 40ª Assembleia do Povo de Deus, realizada de 20 a 22/09, em Curitiba, acolhem a proposta desta ação missionária e iniciam a motivação das comunidades à participação.

A escola para a Missão Católica Paulo VI é apontada como uma necessidade para a comunidade de Quebo – Diocese de Bafatá.

A Missão é uma iniciativa da Igreja no Paraná, por meio do Conselho Episcopal Regional Sul 2, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Ela teve início na África em 2014. No entanto, foi inaugurada oficialmente em 13 de dezembro de 2016 com uma celebração que contou com a presença do Pe. Vagner Aparecido Alves, representando a Dimensão Missionária da Diocese de Toledo.

Com a contribuição dos cristãos paranaenses, dentre os quais da Diocese de Toledo, foi possível erguer a casa para os missionários, a igreja e a perfuração de um poço artesiano que atende a missão e vizinhos próximos.

No início da Missão Paulo VI havia apenas 15 batizados e até o começo deste ano de 2019 já são 250 catequizandos. Em junho deste ano, a Missão celebrou a investidura de 16 coroinhas que passam a colaborar nas celebrações litúrgicas.